“o cerne do teu discurso
sejam as coisas que aprendeste da vida”

Chiara Lubich, Uma cidade não basta, in Ideal e Luz, Cidade Nova 2003, pág. 109

“lho o mundo e as coisas;
contudo, já não sou mais eu que olho, é Cristo em mim que olha”

Chiara Lubich, Ressurreição de Roma, in Ideal e Luz, Cidade Nova 2003, pág. 171

“dividir com o próximo a injúria,
a fome, os golpes, as alegrias fugazes”

Chiara Lubich, Lado a lado com os homens, in Ideal e Luz, Cidade Nova 2003, pág. 167

“e se lutar custa,
sabe que aí está o segredo do sucesso”

Chiara Lubich, Uma cidade não basta, in Ideal e Luz, Cidade Nova 2003, pág. 110

BIOGRAFIA

Chiara Lubich nasceu em Trento em 22 de janeiro de 1920, em uma família de condições modestas. Da mãe, ela herda a fé cristã, do pai socialista, uma acentuada sensibilidade social. Formada na escola primária, em 1939-43, ela se dedicou ao ensino. Em busca da verdade, retoma seus estudos na Universidade de Veneza, mas não pode continuar por causa da Segunda Guerra Mundial. E é precisamente nesses anos sombrios, sob o bombardeio, que descobre no Evangelho os valores do espírito que reconstroem o homem e o tecido da sociedade desintegrada, envolvendo gradualmente pessoas de todas as idades, categoria social, raça, cultura e crenças nos cinco continentes.

LEIA A BIOGRAFIA COMPLETA

DOS ARQUIVOS

Áudio, vídeo e documentos escritos
por Chiara Lubich (IT)

PESQUISAR OS ARQUIVOS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Exposição internacional

Chiara Lubich
CIDADE MUNDO

VISITE O SITE DE EXPOSIÇÕES